Recommend
3 
 Thumb up
 Hide
1 Posts

Arkham Horror» Forums » Sessions

Subject: Arkham - 20 de novembro de 1926 rss

Your Tags: Add tags
Popular Tags: [View All]
Tiago Perretto
Brazil
Curitiba
Parana
flag msg tools
Thinking about my next move.
badge
So, if my only options are these, then I shall...
Avatar
mbmbmbmbmb


"A Daisy não quis que eu fosse até o setor de acesso restrito da biblioteca. Sabe-se, e muito especula-se, sobre os tomos guardados ali - a Universidade de Miskatonic parece ativamente procurar e adquirir, por vezes atrás de meios ilícitos - ou assim é dito -, livros de segredos e ocultismo. Porém, como pesquisadora da Universidade, a Daisy pode somente recomendar e não me proibir, como faz ao inúmeros estudantes e pessoas de fora que desejam acesso ao conteúdo reservado. A verdade, no entanto, é que, dependesse de mim, eu também não iria ali, mas o Professor Rice foi absolutamente claro em sua ordem - ele estava evidentemente alterado, assustado e pálido e alegou que não tinha condições físicas e mentais de ele mesmo realizar a pesquisa. Tive, então, de suportar a descida tenebrosa, pela escada de pedra, até o porão da biblioteca. A porta de ferro tem três trancas e as chaves são antigas, quase medievais e é de se pensar se esse porão estava aqui já em tais tempos passados. Ali eu encontrei, protegido em um baú trancado, os infames Manuscritos Pnakóticos. Foi extremamente complicado encontrar algum sentido naquelas páginas mofadas, escritas em línguas mortas e, em algumas passagens, em letras inventadas, que não correspondiam a nada desenvolvido por alguma civilização ou povo conhecido. Contudo, afinal encontrei os trechos que procurava, uma parte funesta, antiga, que falava sobre o amaldiçoado destino da Sarnath. O que tal cidade esquecida, destruída, teria a ver com o medo do Professor Rice? Esta pergunta fiz a mim somente depois, pois lá, naquele porão isolado, de ar preso, eu me fiz, com um terror insidioso me envolvendo, outra questão: como um livro proibido, que não fora consultado por ninguém a pelo menos uma década, de acordo com os registros da biblioteca, poderia estar molhado naquelas páginas?"

Trecho do diário de Mandy Thompson.


ARKHAM HORROR

Jogo: Arkham Horror, com as expansões Dunwich Horror & King in Yellow

Investigadores: Daisy Walker, a bibliotecária, Hank Samson, o fazendeiro, Mandy Thompson, a pesquisadora, Patrice Hathaway, a violinista, e Joe Diamond, o detetive.

Grande Antigo: Bokrug, com os arautos o Rei em Amarelo e o Horror de Dunwich




Resultado:
Spoiler (click to reveal)
Derrota



Momentos especiais: O espetacular azar de Hank Samson. Os combates de Daisy Walker contra o Horror de Dunwich.


Descrição: Este foi, se não me engano, meu segundo jogo solo de Arkham Horror. Desta vez quis fazer algo diferente do usual: escolhi a dedo os investigadores para formar um "time dos sonhos" e, claro, para deixar equilibrado, peguei dois Arautos complicados - Dunwich e o Rei em Amarelo. Também escolhi o Grande Antigo: Bokrug, simplesmente porque li a poucos dias o conto A Maldição de Sarnath. Tematicamente, faria mais sentido escolher Innsmouth como a expansão, por ter mais ligação com água, mas queria a emoção de ter de lidar com o Horror de Dunwich.

O primeiro portal abriu na Colina do Mago e a pista na Casa do Jardineiro, e assim Patrice foi para Dunwich. O Samson e a Daisy tinham a função de manter os monstros sob controle, mas de começo, sem ameaças, ambos foram atrás de pistas. Joe e Mandy fizeram o mesmo, pois meu objetivo era ir para um vitória rápida sem portais abertos em jogo - Joe estava, então, com 4 pistas, Mandy com 5 e Patrice logo teria 5 também -, mesmo que houvesse a penalidade de -1 para os testes de fechar ou selar portais devido aos Seres de Ib.

Na segunda rodada o portal abriu na Praça da Independência e foi devidamente ignorado (a ideia era enviar três ou quatro investigadores na mesma rodada para os Outros Mundo). Patrice pegou as duas pistas, outras foram pegas pelo Joe e pela Mandy, enquanto Samson pegou uma grana emprestada com o Joe e foi fazer compras no Armazém, e adquiriu um Rifle. A Daisy estou o Livro d'Ivon e aprendeu um feitiço de Ressequir. Tudo ia muito bem.

O portal da 3ª rodada abriu na Clareira do Riacho Gelado e o Shoggoth que apareceu ali correu para auxiliar a chegada do Horror de Dunwich. A Coisa Antiga, que estava na Colina do Mago, moveu-se para Backwoods. Considerando os equipamentos da Patrice, que tinha poucas condições de enfrentar a Coisa Antiga, percebi que Dunwich iria acordar talvez já na próxima rodada (ainda mais porque havia outra criatura rápida na Colina do Mago - um Sacerdote Tcho-tcho). Não seria um grande problema, se a Daisy conseguisse ir rápido até lá (mesmo assim isso tomaria pelo menos mais duas rodadas, pois em uma delas seria necessário estudar o Livro d'Ivon novamente, para pegar o outro Ressequir, o que ela fez na rodada seguinte, ficando a na rua, a exatos 4 pontos de movimento da Colina Sentinela). Foi aqui que levei um pouco de azar.

A carta de Mythos foi a de Terror na Estação de Trem, o que lançou dois monstros - um Caçador Espectral e a Cor do Espaço - nas ruas de Northside, exatamente onde a Daisy estava. O portal abriu na Casa da Bruxa, o que levou à força a Mandy para o Abismo. Por fim, o Sacerdote Tcho-tcho moveu-se para a Praça da Vila. A Daisy conseguiu lidar com Caçador Espectral e esquivar-se da Cor do Espaço, e ainda sobrou movimento para ela chegar até a Ponte do Regato do Bispo. O Samson foi lidar na mão com a Cor do Espaço e falhou miseravelmente, mesmo com o gasto de pistas. Ele não aguentou o dano de Sanidade ao começar a entender o que era a criatura (ou que não era mijo de cabra que ele tinha de limpar) pois já tinha perdido 1 ponto de Sanidade num encontro anterior, e o resultado foi uma ida ao Asilo Arkham. Joe seguiu para a a Praça da Independência, parando no caminho para lidar com um Maníaco.

O quinto portal abriu na Caverna Negra, trazendo um Cthoniano, e eu já estava atrasado para tudo. Fiquei me enrolando fora dos portais e agora se mais um abrisse eu teria de enfrentar Bokrug sem ter retirado nenhum Ser de Ib de jogo e razoavelmente mal-equipado para combate (se não me engano os investigadores tinham 2 Ressequir, 1 Rifle, 1 Pistola .45, 1 Faca e 1 Cruz). O Horror de Dunwich surgiu quando o Sacerdote Tcho-tcho entregou-se como sacrifício. Mas não podia enfrentá-lo agora, pois tinha de ir em peso para os portais, então a Daisy retirou a Coisa Antiga do caminho da Patrice, que estava se engraçando com o Harney Jones na Cabana deste.

A Patrice e o Joe entraram em portais (a Mandy já estava no 2º espaço do Abismo), indo, respectivamente para Carcosa Perdida e Yuggoth. O Samson, depois de um tratamento que o deixou Esquizofrênico (parabéns, Asilo Arkham!), foi encarar O Rastejante e rolou um 6 para o redutor de ataque do monstro. Excelente. Mesmo assim a chance era bem razoável - 4 dados para tirar um sucesso. Mas não tirei nenhum. Nova rolagem e, de novo, nenhum sucesso! Que é isso, Samson? Na terceira rolagem consegui 3 sucessos. Ótimo. Uhu. shake Enfim, os encontros nos Outros Mundos foram todos bem-sucedidos.

Na sexta-rodada, veio um Rumor: o Estrangulador de Southside. Parece que o Estrangular adora quando a peça do Rei em Amarelo está em jogo. Mas, tudo considerado, não foi algo ruim: houve uma afluência de monstros e o Cthoniano moveu-se, causando tremores em Arkham e isso mandou o Samson para o Hospital de Santa Maria. Por outro lado, um portal não abriu e o Horror de Dunwich não se moveu.

A Daisy, afinal, deu vazão ao impulso dela e foi encarar o Horror de Dunwich. A Mandy saiu do Abismo. E o Samson, com 1 ponto de Sanidade, saiu do Hospital com uma Concussão e enfrentou um Cultista, afinal vencendo uma luta sem muito drama. No combate contra Dunwich, havia uma boa chance de derrotá-lo, até que tirei a carta que deu imunidade mágica e imunidade física ao Horror de Dunwich. Facepalm.


Após ter a bunda dela devidamente entregada à ela, a Daisy retornou forçosamente para Arkham, indo direto para o Hospital. A Mandy foi a primeira a selar um portal e o Joe e a Patrice seguiram para o segundo espaço de Yuggoth e Carcosa Perdida.

O novo Mythos foi um Dois pores-de-sóis?, que fez o efeito da Cor do Espaço (depois de eu rolar um 5) ocorrer e mandar o Samson outra vez para o Asilo. O Horror de Dunwich moveu-se e com 4 chances em 6, o Bokrug ganhou mais um ponto de Destruição. Nova afluência de monstros, mas sem um novo portal. O Estrangulador fez sua primeira vítima. Joe e Patrice voltaram ao mundo terreno, com o Joe selando seu portal, mas a Patrice falhou. Houve algumas movimentações pela cidade e os encontros foram razoáveis.

A carta de Mythos seguinte foi a de Um Vento Negro Cobre Arkham, que abriu um novo portal na Ilha Não-Visitada e fez tanto a Cor do Espaço agir, causando nova perda de Sanidade (desta vez para todos os investigadores) e o mesmo para o Horror de Dunwich, e um novo ponto de Destruição para Bokrug (estava já em 8 de 12). Pela primeira vez o nível de Terror subiu, e eu optei por pegar uma carta de Pestilência - peguei Abigail Foreman, o que reduziu o número permitido de portais abertos ao mesmo tempo para 5. Havia quatro portais abertos (Colina do Mago, Caverna Negra, Ilha Não-Visitada e na Clareira do Riacho Gelado) e dois portais selados (Casa da Bruxa e Praça da Independência).

A Mandy precisava fechar o portal dela - o ideal seria selar, mas se tivesse que gastar pistas, tinha que que ser feito. Ela falhou no teste e tive de gastar 3 pistas para afinal conseguir fechar o portal. O Samson tentou encarar novamente a Cor do Espaço e falhou de novo, indo novamente para o Asilo. O Joe esquivou-se de um monstro e entrou no portal que havia na Caverna Negra, indo para o Grande Salão de Celeano. A Daisy voltou para Dunwich, para ter sua revanche. A Mandy foi na Loja de Curiosidades para tentar encontrar algum item útil (um Símbolo Ancião era o ideal, mas uma boa arma já serviria, e acabei ficando com uma Lança Ancestral).

O próximo Mythos foi Coisas da Escuridão, que abriu um portal na Sociedade do Crepúsculo de Prata e, pior, fez a Cor do Espaço e o Horror de Dunwich agirem de novo (nessas rolagens acho que não errei um). Então a Trilha de Destruição chegou a 10 (de 12). Havia ainda quatro portais abertos. O Estrangular continuava assassinando os Aliados, mas não estava mais nem aí. Era o momento de começar a se preparar para o inevitável confronto contra Bokrug - estando quase no limite de portais, com o Horror de Dunwich e a Destruição em 10, era quase possível escolher o modo do Grande Antigo despertar. A Daisy foi para o segundo round contra o Horror de Dunwich e o resultado foi diferente: a imunidade física dele não impediu os feitiços da Daisy de agirem e, com uma montanha de dados, os cinco sucessos necessários foram alcançados. Ahá, chupa, Dunwich! Foi um lindo momento, que serviu para pegar o Lança-Chamas (sinal claro que eu estava me preparando para o combate). Foi lindo, e também inútil, porque...

O próximo Mythos foi O Próximo Ato Começa! que fez alguns monstros que estava em Dunwich sacrificarem-se para o quase imediato retorno do Horror de Dunwich - isso lembrou-se o Street Fighter, já que a luta ia para o terceiro round, o decisivo. Mas a Daisy deu W.O., porque a Cor do Espaço agiu de novo e tirou o último ponto de Sanidade que lhe restava, enviando-a de novo ao Asilo, em companhia do Joe, que pelos encontros e lutas também foi perdendo sanidade, que tinha afinal esgotado-se. Deixei o Ato I ocorrer, já que negá-lo despertaria Bokrug. O Joe falhou em um teste, mas e foi atrasado em Celeano. O Samson e a Mandy foram ter encontros onde seria possível conseguir algumas pistas. A Patrice foi atrás de pistas mais garantidas na Sociedade Histórica. A Daisy iniciou seu retorno para Dunwich - quando uma mulher odeia algo, ela odeia de verdade. A Mandy conseguiu eliminar um dos Seres de Ib (o que faria a resistência física de Bokrug virar imunidade física).

Então, provando que minhas técnicas de embaralhamento são lendárias, veio outro O Próximo Ato Começa!. Bem, dada a situação peculiar em que eu me encontrava, onde os selos dos portais estavam lá só de bonito, eu optei por perdê-los - era, afinal, uma escolha entre uma chance de empatar (pelo combate final) ou perder direto (caso viesse o 3º Ato). Então anulei o 2º Ato ao custo de dois selos. Dunwich moveu-se novamente e a Trilha de Destruição chegou a 11.

A ideia era agora a Daisy vencer o Horror novamente e, com isso, render aos investigadores uma nova arma de primeira linha contra Bokrug. Mas a carta que peguei foi a de resistência mágica. Argh. Após falhar por um sucesso no ataque, acabou para a Daisy. Ela foi destruída pelas Loucuras e saiu de jogo. Considerando o momento da partida, não a substituí. Os outros investigadores foram atrás de monstros, para conseguirmos retirar outros Seres de Ib de jogo. Porém não houve tempo - a Mtyhos "Fogo selvagem" veio e Dunwich moveu-se, como rolei um 3, Bokrug adquiriu o último ponto de Destruição que lhe faltava e despertou.

No combate considerei somente 4 investigadores, pela ausência da Daisy, e só para dar alguma graça - afinal teríamos 5 rodadas para eliminar o Bokrug com: 18 pontos de Destruição (dois Seres de Ib lhe deram +3 cada) e imune mágico. Fui no combate normal, já que um redutor de -3 não é tão ameaçador assim. O Lança-Chamas estava com o Joe, que a Daisy lhe dera pouco antes de morrer. Tínhamos ainda a Lança Ancestral, o Rifle, a .45 e a Faca. Havia chance e a 1ª rodada de combate foi inspirada: massivos 18 sucessos foram responsáveis para mandar Bokrug de 18 para 14 pontos de Destruição. Mas isso, claro, foi reforçado pelo gasto de todas as pistas acumuladas. Nas rodadas seguintes o sucesso foi bem menor e, cinco rodadas depois, Bokrug ainda tinha 4 pontos de sobra. Tivesse feito um trabalho mais diligente para expulsar os Seres de Ib e poderia ter ao menos empatado.

Enfim, é óbvio que esperar para eliminar os portais de uma única vez foi desastroso e ridiculamente imbecil. Depois de tantas partidas era para eu ter aprendido isso, mas venci tão poucas vezes sem portais abertos que há aquela vontade de repetir o feito. Mas esperar realmente só é necessário com o Atlach-Nacha - além deste, é viver com o perigo dos Mythos que rompem selos.

Bem, é isso!

Abs,
3 
 Thumb up
 tip
 Hide
  • [+] Dice rolls
Front Page | Welcome | Contact | Privacy Policy | Terms of Service | Advertise | Support BGG | Feeds RSS
Geekdo, BoardGameGeek, the Geekdo logo, and the BoardGameGeek logo are trademarks of BoardGameGeek, LLC.